Um conselho de amigo! ;D

Um conselho de amigo! ;D

 No decorrer dos anos, passa ano, vive ano, cada vez mais as pessoas adquirem aquilo que chamamos de “experiência de vida”. Cada fato que acontece com cada pessoa, o contexto em que está inserido, tudo contribui para ela adquirir certo conhecimento com relação àquilo que está a sua volta. Nós temos 15 e 17 anos de idade. Com relação a esse assunto, somos meras crianças que ainda não sabem nada da vida. Mas, nos nossos maiores delírios, achamos que temos algo a dizer sim às pessoas, percebemos que tem pessoas com 40, 50, 60 anos que parecem que tem a mentalidade de 5 anos e, em comparação com essas, somos muitas vezes “mais maduros”, por mais estranho que isso possa soar. Em contrapartida, tem jovens, adolescentes ou crianças que se acham pré-adolescentes que só não são mais maduros porque lhe faltam alguém que fale: “eeei, esse caminho aqui, se você seguir, te dará esse resultado, já esse aqui dará tal resultado..etc..etc..etc..”. Ou seja, lhe falta àquela pessoa que lhe de um mero conselho, ou que seja aquela lampadazinha que acende no fim do túnel e fale: esse caminho aqui é bem bacana!.

  A grande ideologia desse site sempre foi e será passar o nosso ponto de vista sobre as coisas com a nossa linguagem. E ponto final. No meio disso tudo, achamos que temos alguma coisa que preste que nós queremos passar para todos, que todos “nos escutem”. E é exatamente isso que estamos querendo fazer para aqueles que lerem este textinho legal.

  Primeiramente, esse texto é majoritariamente escrito para jovens, que estão formando suas opiniões e começando a se deparar com essas questões da vida. Aaaaaah, então eu que sou adulto tenho que sair dessa página?! Não. Muito pelo contrário. Se você deixar de lado ( claro, se você tiver!! ) toda aquela arrogância que muitos adultos, para não dizer todos, tem de achar que nunca irão poder ouvir conselhos de adolescentes e que sempre vão ensiná-los, pode ser que alguma das coisas aqui sirva para vida de todos, afinal todos temos muito tempo ainda. Nunca é tarde para mudar de ideia ou fazer coisas acontecerem na vida. Quando falamos assim para jovens, é que nós somos jovens ( [ lálálá! ] nós somos jovens, jovens, jovens. Somos do exército, do exército dos céus. [ lálálá! ] ). Mais ou menos sabemos alguns rumos que temos que tomar na nossa vida e que realmente são certos para o que queremos para o futuro. Alguns deles postaremos aqui, como se estivéssemos falando com amigos, família e qualquer um que quiséssemos bem.


 

Olhando para frente.

  A primeira coisa que queremos deixar claro é o assunto “educação em relação aos estudos”. Ai alguns dizem: “aiiii não, lá vem mais textos dizendo que eu tenho estudar que isso que aquilo e blábláblá!”. Para estes, calma. Apontaremos dois caminhos. Um é o caminho em que você estuda e o outro que você não tem tanto talento para o aprendizado curricular. Vamos a eles. Felizmente para alguns e infelizmente para outros, não tem jeito. O estudo sempre será na teoria e na prática o caminho mais curto e certo para o sucesso. É tiro e queda. São sinônimos, feitos um para o outro. Se você perceber que leva jeito e às vezes, mesmo que com dificuldade ou facilidade, consegue aprender as coisas, siga este caminho do estudo sem exitar! Você passará em uma boa faculdade, terá currículo, conhecimento base para muitas profissões e ramos. Aí é só por um poquinho de dedicação, interesse e adquirir mais conhecimentos, tua vida está feita. Aproveite enquanto há tempo e que lhe está nas mãos a oportunidade. Porém, entretanto, todavia, se você é daqueles que infelizmente não nasceu para aprender esses negócios que ensinam no colégio, não tem certeza se vai passar em uma boa faculdade e tem muita dificuldade com estudos, calma. Nem tudo está perdido. Primeira coisa que você deve pensar é: no que eu tenho talento? No que eu tenho interesse? Aaah, eu tenho interesse/talento em gastronomia. Eu tenho interesse/talento em esportes. Eu tenho interesse/talento em futebol. Não sei, dança, desenho, moda, tecnologia, música. O que for. Escolhido isso, você está meio caminho andado. Agora você tem um caminho de pura dedicação, porque você vai começar se adequar, de todas as maneiras, àquilo que você escolheu. Por ser uma coisa que você gosta e certamente entende um pouco que seja, aprender vai ser algo prazeroso. Vai deixar de ser algo obrigado para ser uma diversão para você. Invista em livros, revistas, internet, cursos técnicos, treinamentos e tudo que possa apurar suas habilidades na área escolhida. O que não pode de jeito nenhum é ficar parado e achar que a vida lhe jogará no colo o futuro que você deseja! Não vai acontecer! Acrediiiite! Sim! Você terá muita chance de ter uma profissão se você tiver talento no que faz! Isso é certo. Se você vai entrar em uma faculdade ( se tiver a que você escolher ), não sei. Às vezes, dependendo do vestibular, vale a pena tentar. Por exemplo a federal do Paraná, que muitas vezes a primeira fase é de conhecimentos gerais e a linha de corte é baixa e na segunda fase é específica. Se a específica for de uma coisa que você goste e tem facilidade, pronto, passou. Mas se não acontecer a facul, pense em outros caminhos e, esse que apresentamos por segundo também pode dar certo. É dedicação e aperfeiçoamento, mostrar o seu trabalho a todos para reconhecerem e, se muitos elogiarem ( importantíssimo! ), pronto. Alguém irá te achar e um emprego você terá, com provavél sucesso. É mais incerto que o caminho lá de cima? Certamente que sim. Mas as chances de dar certo são bem grandes.

  Certo, mas tudo está sendo falado, sendo narrado o que iria acontecer, futuro e tudo mais, e isso e aquilo. Mas, não é muito para frente que estamos visando? Não, não e não. Uma das coisas que sempre tem que se ter na cabeça são Metas! Metas são objetivos que nos fazem correr sempre em busca de superar limites, superar obstáculos. Aquela famosa pergunta: “ Onde e como você imagina estar daqui a 10 anos?. Ai, eu pretendo estar no Caribe, quando já rodei por 30 países e pretendo fechar a volta ao mundo em 5 anos.” Ok. Sonhos de nada valem se não batalhamos por eles para que se tornem realidade. Você quer conhecer o Caribe e dar a volta ao mundo? Trabalhe para isso. Se dedique para que essa meta que você estipulou se torne uma realidade. E um detalhe: não ache absolutamente nunca seu sonho grande demais. Nunca um sonho é grande demais. Cada sonho tem o tamanho das ambições e dedicação de cada um e nenhum, nenhum mesmo é impossível ( isso não é mensagem motivacional não, isso é a verdade!! ).

Obs.: nós ouvimos muito as pessoas falarem que são pobres e colocam isso como motivo de tudo. Porque tem gente que nascem já ricas e tudo fica mais fácil e isso e aquilo. Realmente é verdade. Mas você já parou para pensar o motivo das pessoas estarem ricas? Se você é pobre ou não tem tanta folga de dinheiro, a situação para sua próxima geração pode mudar. Se uma criança, lá da periferia, morando em um barraco, comendo comida de lixão, resolve se dar bem na vida e segue um dos caminhos lá de cima. Ou tem talento pra alguma coisa ou estuda muito. E, no meio de tudo, ela dá certo. Ganha reconhecimento, vai trabalhar em um local mais ou menos, vai crescendo e crescendo e, no meio da batalha, consegue acumular uma boa quantia de dinheiro. Pronto, a próxima geração já não mais reclamará de tantas dificuldades, porque hoje aquela criança é uma pessoa relativamente rica. A riqueza e as facilidades que ela traz na vida não são nada mais nada menos do que uma pessoa no passado que quiz mudar sua realidade, batalhou e suou muito a camisa ( claro, na maioria e mais honesta das vezes..) para um conforto maior do que tinha. A próxima geração da criança que morava no barraco e comia comida de lixão já não sofrerá com essas dificuldades passadas. Motivo: batalha e suor de uma única pessoa. Esse é o segredo da melhora e qualidade de vida.

  Quando se toca nesse assunto de metas e tudo mais, uma coisa que costumamos perguntar muito é: o que você acha que você merece para tua vida? O que você pretende proporcionar a você no decorrer dos anos? Como já falamos, volta ao mundo, ou uma boa casa, um bom carro, uma boa casa de praia, belas férias 2, 3 vezes ao ano não são ambições das mais impossíveis. Até são muito acessíveis. Mas, o mínimo que você vai ter que ter é dedicação e empenho. Ambos vão te ajudar a chegar àquele rumo desejado. E ponto. Receita certa e com 99,9% de chance de dar certo.


 

Personalidade.

  E a sua personalidade? Será que sua personalidade condiz com aquilo que você deseja passar aos outros e com o que você quer que reflita a você? Uma coisa é certa. Sempre você terá a sua volta pessoas que contém personalidade semelhante a sua. E um grande conselho a ser dado é para você sempre ser você mesmo, não importa o que aconteça. Eu sei, sempre dizem a mesma coisa a você. Mas aqui estamos falando mesmo mesmo mesmo, seja original. Tenha uma personalidade forte, com princípios bacanas e bem fundamentados. Você respeitará aos outros, não sendo falso com eles, como respeitará a você, não sendo falso consigo mesmo. Uma coisa é você conversar por alguns instantes ou alguns dias com pessoas que têm personalidade diferente. Afinal, muitas vezes temos que fazer um certo 'social' com as pessoas, para mantér conversa, não ser sem educação e tudo mais. Faz parte da sociabilização. Outra coisa é quando o assunto é amizade. Falamos de amizade mesmo. Não amigo só de saída ou amigo que é um conhecido. Mas sim amizade, aquele que é sua/seu irmã(o) para todas as horas. Amigo mesmo é aquele que te gosta do jeito que você é. E fim de papo. Se você é legal com todos, da risada de tudo, é sério quando precisa, faz piada de tudo e fica dando risada como se fosse uma criança, você vai atrair para perto de você pessoas que são legais com todos, dão risada de tudo, é sério..... e tudo isso aí. Por isso que é sempre bom ser você, independente de tudo. Porque você afasta aqueles que você acha que não lhe faz bem, afastará pessoas que fogem dos seus princípios e aproximará aquelas que realmente te respeitam do jeito que você é, semelhante a você, gosta das mesmas coisas que você, pensa parecido com você e assim vai. Faz bem para você e faz bem para os outros.

  Uma coisa que muito nos chama atenção em mensagens motivacionais ou mensagens (mais ou menos como essa que escrevemos) que buscam aconselhar as pessoas é quando tentam passar a visão da pessoa ideal ou do caminho ideal. “Você tem que fazer isso, você tem que ser bom, se dedicar aos estudos, ter um bom emprego e ser uma personalidade exemplar”. Mas sabemos que isso é muito difícil na realidade. É mais ou menos como política. Todos falam que o povo ideal é aquele que se interessa por política, vota e acompanha seus candidatos depois da eleição, pesquisa o histórico dos candidatos antes de votar e tudo mais. Algumas pessoas fazem isso? Algumas até fazem, mas sabemos que quase nunca isso é aplicado na realidade. Foi exemplo quando colocamos os 3 textos sobre corrida presidencial. Nós, particularmente, nos interessamos razoavelmente por política. Nós somos os Et'zinhos da casa que ao invés de “A Fazenda” ou outro programa, queríamos assistir debate para ver as propostas ou como se saíriam os candidatos. Sabemos, admitimos. Bem fora da casinha a gente, mas sei lá, gostávamos. Mas na maioria, não se vê isso. O fato é que, se você não conseguir fazer tudo que as pessoas exijam, tente fazer aquilo que está ao seu alcance, coisas que não são impossíveis. Sempre falam: “ Tenha respeito com todos, trate todos bem e demonstre educação com as pessoas”. Sempre você vai conseguir ser educado? Não. Vai ter vezes que você nem nota as coisas porque já é comum a você. Entretanto, pequenos atos podem sempre ser feitos e, mesmo parecendo pequenos, significam muito mais do que se pensa. Digo de um bom dia ( ou um beleza?! Susse?! Tranquilo?! Qualquer coisa! ) as pessoas que os cercam, vizinhos, professores, amigos, o zelador da tua escola, o inspetor, o porteiro, motorista do busão, todo mundo. Parece bobo. Mas faz diferença para as pessoas. Um comprimento significa as pessoas pensarem “ você me percebeu aqui” ou “ não sou invisível” ou “ fulano nunca deixa de me comprimentar!”. É fantástico como pequenos atos assim em um ano ou menos fazem a diferença.

  O que dizemos é passe para os outros um sorriso sincero, um pouco daquilo que você queria que fizessem a você que você sentiria que poderia mudar o seu dia. Parece bobo e decorado isso né?! Mas não é. É verdade verdadeira. É muito legal isso. Pense nisso.

  Chegamos aqui e pensamos no que escrever mais. Afinal, escrevemos super poquinho! ( uuuh! -.-' ). Mas não vem mais coisa. Sempre o que queremos escrever aparece no meio da rua, no ônibus ou em um lugar que não temos onde escrever. Por hoje, paramos por aqui. Queremos dar uma de conselheiros ou psicológos (hahaha). Não sei se conseguimos com eficácia. Se por um acaso, nesses dias vermos que temos algo a mais a dizer, certamente colocaremos aqui. Muitas vezes são conselhos como esses que alguns precisam. Numa dessa, dentre as centenas de visitas que temos por mês, se uma pessoa se beneficiar com estas palavras, para nós está mais do que bom. Sentiremos que esse site cumpriu o seu papel e que as horinhas que passamos em frente ao nosso computador jamais foram em vão. Afinal, aprendizado nunca é demais. Já dizia o poeta: “ Somos eternos aprendizes”.